acne na gravidez
A gravidez é um momento muito especial da mulher, eu adorava estar grávida tanto é que repeti a dose três vezes! Mesmo a menos vaidosa das mulheres acaba se preocupando um pouco com os prejuízos estéticos que a gravidez pode trazer. E a gente até se prepara para enfrentar o ganho de peso, alguma flacidez no abdome, etc.
Mas algumas surpresas da gravidez acabam tirando o bom humor da grávida e entre elas está o aparecimento (ou a volta das “marditas” espinhas).
Assim como na adolescência, na gravidez os hormônios ficam meio malucos e essa tempestade hormonal pode trazer problemas na pele. Na verdade apesar de ser relativamente comum um aumento da oleosidade e surgimento de acne na gravidez, em algumas pessoas sortudas pode acontecer o contrário e a pele até melhora. É difícil prever pra que lado a balança hormonal vai pender durante essa fase da vida. Nem o que aconteceu na gravidez passada é garantia. Por exemplo, se você teve espinhas na primeira gravidez não significa que a sua pele vai piorar de novo numa segunda gestação. Pode, ou não, acontecer de novo.
Mas e ai, como cuidar, já que vários tratamentos para acne não são recomendados na gravidez?
O que pode?
1. Limpeza. Faça uma rotina de limpeza com sabonetes anti-acne. Os que contém enxofre na fórmula são uma boa opção (se você não está super sensível à aromas desagradáveis…).
2. Peróxido de Benzoila. É um medicamento de ação bactericida que pode ser usado na gravidez. Ele ajuda a secar as espinhas e diminuir a inflamação. Por ser um medicamento é importante que você consulte um médico para ver se ele está realmente indicado para a sua pele. Em geral são cremes para serem usados de noite (cuidado que mancham o lençol!) em cima da pele mais afetada.
3. Antibióticos tópicos. Se apenas a limpeza e o peróxido de benzolia não estiverem resolvendo uma opção é o uso de antibióticos tópicos como a Eritromicina. Novamente é um medicamento então se não devemos usar nada por conta nunca, muito menos na gestação. Portanto também consulte o seu médico para ver se esse medicamento seria útil no seu caso.
4. Ácido azeláico. O ácido azelaíco pode ser interessante em quem tem a pele vermelha com tendência à Rosácea e também vermelhidão causada pela acne. Também pode ser usado por grávidas desde que recomendado por médico.
O que não pode?
1. Roacutan. A isotretinoína oral é totalmente contra indicada na gravidez, na lactação e para mulheres que estejam pensando em engravidar. Na verdade pelo risco elevado de trazer mal formações graves ao feto é imprescindível que a mulher que esteja usando esse medicamento use dois métodos anticoncepcionais simultâneos (por exemplo, camisinha e pílula).
2. Ácido retinóico tópico. Não está comprovado que a quantidade absorvida na pele pelo ácido retinóico possa trazer problemas ao feto. Mas por via das dúvidas é melhor evitá-lo durante a gestação. Ninguém quer correr riscos nesse período não é mesmo? O mesmo vale para os ácidos da mesma família como adapaleno e tazaroteno (esse último formalmente contraindicado).
3. Ácido salicílico. Assim como o ácido retinóico não está provado que o ácido salicílico pode ser absorvido em quantidade significativa na pele a ponto de trazer problemas. E eles é um dos ingredientes ativos mais usados nos cosméticos e dermocosméticos anti-acne. Pessoalmente eu acho melhor evitarm até porque existem alternativas tão eficientes e que são mais seguras. Mas não é um consenso, portanto vale a pena falar com seu médico caso você use algum produto que contenha ácido salicílico na fórmula.
4. Antibióticos orais do grupo das tetraciclinas, como minociclina. Pode causar alterações no desenvolvimento dentário do feto e por isso é contraindicada na gestação.
O que mais pode ser feito?
1. Evite maquiagens e cosméticos que contenham óleo na fórmula.
2.Evite cutucar ou espremer as espinhas.
3. Use filtro solar todos os dias oil free (evitando também os melasmas, outro problema de pele comum na gravidez).
4. Evite ficar com o rosto apoiado sobre as mãos e mantenha as mãos o mais limpas possíveis para não levar sujeira no rosto.
5. Tenha uma alimentação saudável, evitando principalmente o excesso de doces, que além de engordar também estimulam a produção de óleoa pelas glândulas sebáceas.
6. Paciência, Paciência, Paciência. Gravidez é transitória. Os probleminhas que ela trás também…curta esse momento único e não se preocupe com pequenas coisas. No final tudo se resolve.
Beijo grande,
Renata

Video do Bulle ensinando como espremer uma espinha com segurança

Beleza Passo a Passo
Gostou do conteúdo? Assine agora para receber GRÁTIS um programa exclusivo de 5 dias para uma pele mais bonita e saudável + a lista com os 5 produtos de beleza essencias, que eu uso (e que custam menos do que R$ 60,00) !

optin novo

 

Leave a reply

 

Your email address will not be published.